Ondrepsb
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4

Mulher de Safadão será investigada pelo Ministério Público após ser acusada de furar a fila da vacina

O Ministério Público do Estado do Ceará instaurou nesta sexta-feira, 9, um procedimento preliminar para apurar um possível caso de fura-fila da vacinação...

Por Administrador em 09/07/2021 às 14:34:57

O Ministério Público do Estado do Ceará instaurou nesta sexta-feira, 9, um procedimento preliminar para apurar um possível caso de fura-fila da vacinação contra a Covid-19 cometido pela esposa do cantor Wesley Safadão, Thyane Dantas. O casal recebeu a primeira dose do imunizante na quinta-feira, 8, em Fortaleza. O MP alega que o nome da influenciadora não estava nas listas de agendamento divulgadas pela Prefeitura de Fortaleza na quinta. Outro ponto importante é a idade do casal: Safadão tem 32 anos e Thyane Dantas, 30. Atualmente, a cidade está vacinando a faixa etária de 32 anos. Thyane poderia ter tomada uma dose da “xepa”, que são doses que sobram nos frascos no final do dia após a vacinação de todos os agendamentos. A Prefeitura, por sua vez, negou que tenham sobrado doses naquele dia.

“Nos casos pontuais de doses remanescentes em frascos, após a total finalização das atividades, as equipes de vacinadores realizam busca ativa de pessoas pertencentes ao público alvo vigente, priorizando sempre os de maior idade. As atividades de vacinação contra a Covid-19, em Fortaleza, nesta quinta-feira, encerraram às 17h, não havendo dessa forma doses remanescentes antes desse horário”, esclareceu a Prefeitura. O cantor também será investigado sob suspeita de que teria se vacinado em local diferente do agendado por escolha do imunizante que queria receber. “Para apurar o fato e colher elementos iniciais, o MPCE vai oficiar a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza solicitando detalhes sobre o fato, em especial sobre lista de vacinados, o horário de vacinação do casal e informações a respeito das “sobras” de vacina. O Ministério Público também vai requerer informações sobre os servidores responsáveis pelo preenchimento dos cartões e pela aplicação da vacina”, completa nota do MPCE.

Fonte: JP

Comunicar erro
Galego Bar e Restaurante

Comentários

Orsitec