Ondrepsb
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4

Entidades defendem criação de um órgão estadual em defesa da causa animal

Por Administrador em 14/10/2021 às 14:57:21
FOTO: Bruno Collaço / AGÊNCIA AL

FOTO: Bruno Collaço / AGÊNCIA AL

Representantes de ONGs de prote√ß√£o animal, protetores independentes e vereadores ligados à causa animal definiram nesta √ļltima quarta-feira (13), durante a primeira reuni√£o de estrutura√ß√£o da pol√≠tica animal, promovida pela deputada Paulinha (sem partido), como ser√° proposta ao governador Carlos Moisés a cria√ß√£o de uma diretoria ou de uma ger√™ncia que cuide especificamente da causa no estado. Também v√£o apoiar a cria√ß√£o de um Fórum Permanente de Prote√ß√£o Animal na Fecam (Federa√ß√£o Catarinense dos Munic√≠pios), proposta da vereadora de Florianópolis, Pri Fernandes (Podemos), que conta com apoio de 30 munic√≠pios.

Paulinha explicou que o momento é prop√≠cio para o fortalecimento da causa animal devido aos super√°vits financeiros do governo estadual. "A causa animal sempre ficou relegada ao final da fila, agora h√° uma oportunidade para estruturarmos uma pol√≠tica efetiva da causa animal no estado." A parlamentar reuniu especialistas, representantes de ONGs e protetores animais para definir as estratégias. Ela citou, como exemplo, a decis√£o do governo do Rio Grande do Sul que lan√ßou um programa de prote√ß√£o animal recentemente e que, em sua opini√£o, o plano a ser elaborado no Estado poder√° ser mais amplo.

O presidente do Instituto Ambiental Ecosul, integrante do grupo especial de defesa dos animais do MPSC (Ministério P√ļblico de Santa Catarina) e do Fórum Nacional de Prote√ß√£o e Defesa Animal, Halem Guerra Nery, defendeu a uni√£o das a√ß√Ķes j√° desenvolvidas pelas mais diversas entidades que atuam em apoio aos animais para cria√ß√£o de uma pol√≠tica efetiva paras o setor. Ele lembrou que desde 1982 atua no estado em defesa dos animais e que h√° v√°rias leis aprovadas, mas que muitas n√£o sa√≠ram do papel por n√£o contarem com apoio da popula√ß√£o e até de recursos do governo. "Santa Catarina é considerado um dos estados que mais avan√ßou nas pol√≠ticas de prote√ß√£o animal, mas h√° muito a ser feito. Nós n√£o trabalhamos de gra√ßa, até pagamos para defender os animais, mas atuamos em lacunas que o poder p√ļblico é pouco efetivo."

Halem Guerra apresentou uma cartilha que vem sendo distribu√≠da em suas palestras, que destaca os critérios para ado√ß√£o de animais, dicas de preserva√ß√£o do meio ambiente, além de especificar as doen√ßas transmitidas pelos animais e leis em defesa da causa animal. Também manifestaram apoio à proposta da cria√ß√£o de um órg√£o estatal em favor da causa animal a vereadora de Navegantes, Sorilei Aparecida Thiele Dapper, a Sol (DEM), a ativista da causa animal de Videira Karine Kiatkoski, e o professor e veterin√°rio Clóvis Thadeu Rabello Improta.

Eles apresentaram um relato das a√ß√Ķes desenvolvidas em favor da causa animal e alertaram sobre a preocupa√ß√£o de que propostas n√£o saiam do papel, lembrando que em 2003 foi institu√≠do o Código Estadual de Prote√ß√£o aos Animais e de l√° para c√° v√°rias leis foram criadas, mas muitas n√£o conseguiram ser aplicadas por falta de recursos financeiros. A vereadora Pri Fernandes defendeu sua proposta da cria√ß√£o do Fórum Permanente de Prote√ß√£o Animal na Fecam que ser√°, de acordo com ela, uma maneira democr√°tica de dialogar com os protetores de todas as regi√Ķes, a fim de fortalecer a causa. Entre as preocupa√ß√Ķes deste planejamento: coibir a viol√™ncia aos animais (rinhas de galo e farras do boi) e campanhas de conscientiza√ß√£o, a exemplo da dengue. "É uma pol√≠tica transversal, que envolve diretamente a sa√ļde, a educa√ß√£o e a seguran√ßa p√ļblica."


Ney Bueno
AGÊNCIA AL
Comunicar erro
Galego Bar e Restaurante

Coment√°rios

Orsitec