Ondrepsb
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4

Verão mais seguro: Dive divulga medidas de prevenção para doenças típicas da estação

S√£o orienta√ß√Ķes para a popula√ß√£o se proteger de viroses, dengue, febre amarela e intoxica√ß√£o alimentar

Por Administrador em 27/12/2021 às 17:27:08
Foto: Mauricio Vieira / Secom

Foto: Mauricio Vieira / Secom

Com o ver√£o e com o per√≠odo de férias aparecem as doen√ßas e agravos t√≠picos da esta√ß√£o. Isso porque as pessoas aproveitam os dias quentes na praia, piscina ou parques e circulam mais, ficando mais expostas a v√≠rus e bactérias. Por isso, a Diretoria de Vigil√Ęncia Epidemiológica (Dive) alerta para os cuidados que a popula√ß√£o precisa ter para evitar doen√ßas como dengue, febre amarela, viroses e intoxica√ß√£o alimentar.


Insolação e desidratação

A exposi√ß√£o ao sol é um fator de risco para o desenvolvimento do c√Ęncer de pele. Por isso, é preciso cuidado, como usar protetor solar e evitar exposi√ß√£o ao sol entre o hor√°rio das 10h às 16h.

A insola√ß√£o ocorre quando h√° excesso de exposi√ß√£o ao sol e ao calor intenso. O quadro gera dores de cabe√ßa, falta de ar, febre. Além disso, a insola√ß√£o pode ser acompanhada de queimaduras solares, bolhas e dor intensa.

Também é essencial n√£o se esquecer de se hidratar. Isso ajuda nas atividades das células, na digest√£o, no funcionamento dos rins, regula√ß√£o da press√£o arterial, entre outras atividades. O indicado é beber, pelo menos, dois litros de √°gua por dia.


Intoxicação alimentar



O calor possibilita a prolifera√ß√£o de v√≠rus e bactérias e, portanto, é preciso tomar cuidado com o armazenamento e transporte dos alimentos. "As doen√ßas diarreicas agudas s√£o causadas pelo aumento do consumo de alimentos e bebidas contaminadas, contato com √°gua imprópria para banho e aumento na circula√ß√£o de v√≠rus, bactérias e parasitas", explica F√°bio Gaudenzi de Faria, médico infectologista da Dive.

As causas das doen√ßas diarreicas também est√£o relacionadas ao preparo e acondicionamento incorreto de alimentos, ao consumo de bebidas (√°gua, sucos, gelo) de proced√™ncia duvidosa e à aus√™ncia de cuidados com a higiene pessoal (lavagem das m√£os).

"Tente evitar o consumo de alimentos na praia, consuma preferencialmente o alimento que voc√™ preparou em casa ou, ent√£o, procure locais que tenham um sistema de refrigera√ß√£o, uma estrutura mais adequada para venda e armazenamento desses alimentos"", sugere o médico.

A principal manifesta√ß√£o da doen√ßa é o aumento do n√ļmero de evacua√ß√Ķes, podendo ser acompanhadas de n√°usea, vômito, febre e dor abdominal. Em alguns casos, h√° presen√ßa de muco e sangue nas fezes. Aparecendo qualquer dos sintomas, procure imediatamente atendimento médico.


Dengue


Foto: Rodrigo Nunes / Ministério da Sa√ļde

O ver√£o, uma esta√ß√£o de chuvas e tempo quente, é prop√≠cio para a reprodu√ß√£o e desenvolvimento do mosquito Aedes aegypti. Por esse motivo, é preciso investir ainda mais em medidas de preven√ß√£o. "Uma vez por semana, é importante, que cada um vistorie sua casa, eliminando locais que possam acumular √°gua e servir de criadouro para o mosquito, que transmite dengue, zika e chikungunya", alerta Jo√£o Augusto Brancher Fuck, diretor da Dive.

:: Dicas de prevenção:
- evite usar pratos nos vasos de plantas. Se us√°-los, coloque areia até a borda;
- guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
- mantenha lixeiras tampadas;
- deixe os depósitos d"√°gua sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d"√°gua;
- plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam √°gua;
- trate a √°gua da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
- mantenha ralos fechados e desentupidos;
- lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
- retire a √°gua acumulada em lajes;
- dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados;
- mantenha fechada a tampa do vaso sanit√°rio;
- evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue;
- denuncie a exist√™ncia de poss√≠veis focos de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Sa√ļde;
- caso apresente sintomas de dengue, chikungunya ou zika v√≠rus, procure uma unidade de sa√ļde para o atendimento.


Febre amarela

O per√≠odo de maior transmiss√£o da febre amarela ocorre entre os meses de dezembro a maio, devido às condi√ß√Ķes clim√°ticas e ambientais favor√°veis para reprodu√ß√£o do mosquito transmissor da doen√ßa (Haemagogus e Sabethes).

Os macacos n√£o transmitem a febre amarela. Eles vivem no mesmo ambiente que os mosquitos e acabam sendo as primeiras v√≠timas do v√≠rus. "Ao encontrar um macaco morto ou doente é importante notificar o servi√ßo de sa√ļde para que as equipes de vigil√Ęncia se desloquem até o local para coletar uma amostra do animal e realizar o diagnóstico'' alerta Aysla Matsumoto, médica veterin√°ria da Dive.

A vacina é a melhor maneira de prevenir a febre amarela. Todos os moradores de Santa Catarina, a partir dos nove meses de idade, devem ser vacinados contra a doen√ßa. A dose est√° dispon√≠vel nos postos de sa√ļde.


Acidentes com animais peçonhentos

O aumento da temperatura favorece a reprodu√ß√£o dos animais pe√ßonhentos, como serpentes, escorpi√Ķes, aranhas e abelhas. "No ver√£o as pessoas fazem mais atividades ao ar livre e aproveitam também para realizar a limpeza de habita√ß√Ķes, quintais e terrenos. E isso coincide com o per√≠odo em que h√° deslocamento dos animais pe√ßonhentos para alimenta√ß√£o e reprodu√ß√£o", explica Alexandra Schlickmann Pereira, médica veterin√°ria da Dive.

:: Como evitar acidentes com animais peçonhentos:
- usar botas: isto evita até 80% dos acidentes durante o corte de vegeta√ß√£o, por exemplo, pois as cobras picam do joelho para baixo. Porém, antes de cal√ßar as botas, verifique se n√£o h√° aranhas, escorpi√Ķes ou outros animais pe√ßonhentos na parte interna.
- proteger as mãos: não coloque as mãos em frestas, tocas, cupinzeiros, ocos de troncos, etc. Use um pedaço de madeira para verificar se não há animais nesses locais.
- acabar com os ratos: a maioria das cobras alimenta-se de roedores. Por isso, mantenha sempre limpos os terrenos, quintais e planta√ß√Ķes evita atrair esses predadores.
- conservar o meio ambiente: os desmatamentos e queimadas, além de destru√≠rem a natureza, provocam mudan√ßas de h√°bitos dos animais, que se refugiam em celeiros ou mesmo dentro de casas. Evite matar os animais, pois eles contribuem para o equil√≠brio ecológico.


Covid-19



A popula√ß√£o também n√£o pode se esquecer das medidas de preven√ß√£o à Covid-19. É importante manter a higieniza√ß√£o constante das m√£os, com uso de √°lcool em gel 70% ou com a lavagem com √°gua e sab√£o, além de usar m√°scara e evitar ambientes sem ventila√ß√£o e com aglomera√ß√£o.

Ao tossir e espirrar, utilize a etiqueta da tosse: cubra o nariz e a boca com um lenço descartável ou com o antebraço.

Essas medidas além de prevenir a Covid-19, também ajudam a evitar outras doen√ßas respiratórias, como o v√≠rus Influenza.

A vacinação contra a Covid-19 segue em SC e todos os moradores com mais de 12 anos podem se informar no seu município sobre locais e horários para aplicação das doses.

Comunicar erro
Galego Bar e Restaurante

Coment√°rios

Orsitec