São Jos√© registra 10 ocorr√™ncias devido às fortes chuvas

Por orientação do prefeito, a Defesa Civil, Secretaria de Infraestrutura e Guarda Municipal estão de sobreaviso para atender emerg√™ncias

Por Administrador em 17/11/2023 às 13:24:33

A Defesa Civil de São José atendeu a dez ocorr√™ncias, referentes às fortes chuvas que iniciaram às 7h desta quinta-feira (16). O primeiro incidente aconteceu no bairro Potecas, às 7h30, com a queda de uma √°rvore na Rua José Antônio Pereira. Por orientação do prefeito Orvino Coelho de Ávila, a Defesa Civil, a Secretaria de Infraestrutura, Assist√™ncia Social e a Guarda Municipal estarão de sobreaviso neste per√≠odo de chuvas fortes.

O prefeito lembrou que em 2022, São José sofreu com as fortes chuvas, ocasionando a necessidade de abrigos emergenciais e de maquin√°rio para a desobstrução das vias. Nesta quinta-feira, a Fundação do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustent√°vel e o Corpo de Bombeiros foram acionados para a remoção da √°rvore na Rua José Antônio Pereira. Ainda em Potecas, ocorreram mais dois casos de desabamento e destelhamento.

No bairro Real Parque, houve alagamento na Rua Santo √āngelo; destelhamento no Centro Histórico de São José; desabamento na Rua Leopoldo Schisler, bairro São Luiz; deslizamento na Rua Guilherme Jacobe Buch, bairro Jardim Cidade; queda de √°rvore na Rua Luiz Carolino Pereira, bairro Forquilhas; deslizamento na Rua João Amaral Rios, no bairro Praia Comprida e no bairro Forquilhinha um desabamento, na Rua Docilicio Luz. V√°rias ruas no Kobrasol, Campinas e em outros bairros ficaram alagadas.

De acordo com o diretor da Defesa Civil de São José, Telson Ronei do Nascimento, o volume das chuvas chegou a 37,6 mil√≠metros. Conforme os gr√°ficos enviados pela Defesa Civil de Santa Catarina, a probabilidade é que as chuvas se estendam até o s√°bado (18), o dia com mais probabilidade de chuvas, conforme aponta Telson, entre 12h às 16h.

O diretor salienta que a macrodrenagem realizada pela Prefeitura e a maré baixa foram o que evitaram maiores problemas no Munic√≠pio. Telson também passa algumas orientações, para que as pessoas entendam quando h√° risco de deslizamento, próximo de onde moram.

"Com o solo encharcado e um volume alto de √°gua, ele não tem mais absolvição do solo, então quem mora em encosta, observe as encostas, se não h√° fissura, trinca, se não tem √°gua escorrendo no meio da encosta, isso é sinal de deslizamento. Assim como as √°rvores também, quando estão inclinadas é sinal de que pode ocorrer deslizamento. Então essas pessoas devem sair de casa, ir para a casa de algum parente, ou vizinho e acionar a Defesa Civil", orienta o diretor.

Em situação de emerg√™ncia, os josefenses devem acionar a Defesa Civil pelo 199, Guarda Municipal pelo telefone 153, ou o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Comunicar erro
Ondrepsb 1
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4
Orsitec