Garotas Acompanhantes de Goias
SEM I

Dia Livre de Impostos é destaque na tribuna da Assembleia Legislativa de SC

Por Administrador em 31/05/2024 às 14:01:37
Onildo Dalbosco Junior, presidente da FCDL-SC, ocupou a tribuna da Alesc para divulgar a data, marcada para 6 de junho. - FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

Onildo Dalbosco Junior, presidente da FCDL-SC, ocupou a tribuna da Alesc para divulgar a data, marcada para 6 de junho. - FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL-SC) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde desta última quarta-feira (29), para divulgar a realização da 18ª edição do Dia Livre de Impostos (DLI), em 6 de junho, próxima quinta-feira. A ação ocorrerá em todo o país e só em Santa Catarina deve ter a adesão de mais de 200 empresas.

O DLI consiste no dia em que comerciantes vendem seus produtos e serviços com preços sem os impostos que são cobrados dos consumidores. Isso resulta em descontos que podem chegar a 70%, dependendo da mercadoria. O objetivo principal é conscientizar a população sobre os impostos cobrados e quanto eles impactam no preço final de produtos e serviços.

"A alta carga tributária é um assunto que está sempre entre os mais debatidos na FCDL, o que torna o Dia Livre de Impostos uma ação ainda mais importante", destacou o presidente da entidade, Onildo Dalbosco Junior. "Convido todos a participarem dessa importante ação. Vamos unir consumidores e lojistas nessa conscientização e em protesto contra uma carga tributária de mais 40% sobre o consumo médio dos produtos, o que faz dela umas das maiores do mundo."

O coordenador estadual das CDLs Jovens, Marcos Brinhosa, destacou que o dia 6 de junho encerra o período, iniciado em 1º de janeiro, no qual os brasileiros trabalham apenas para pagar imposto. "Nosso estado é formado por gente aguerrida, que não desiste e trabalha em prol de um ambiente favorável ao empreendedorismo, para produzir mais e gerar emprego e renda", afirmou.

A FCDL ocupou a tribuna por meio de requerimento dos deputados do Partido Novo Matheus Cadorin, que está licenciado, e André de Oliveira, que substitui Cadorin. Oliveira destacou que o Dia Livre de Impostos é importante para que a população saiba o quanto os impostos encarecem itens básicos, como alimentos e combustíveis.

"Muita gente não percebe que há 61,95% de imposto na gasolina, 48,28% na energia elétrica e quase 70% nos smartphones importados", disse o deputado. "É um absurdo a carga tributária no país. Apoiamos a causa do Dia Livre de Imposto e vamos lutar por um sistema tributário mais justo e eficiente."

O presidente da Alesc, deputado Mauro De Nadal (MDB), parabenizou a FCDL e a CDL Jovem pela iniciativa do DLI. "É um momento de reflexão sobre a carga tributária que é pesada para todos nós consumidores. Fazendo essa mobilização, conseguimos transparecer o quanto existe de insatisfação por parte de todos os consumidores," destacou.

Comunicar erro
Ondrepsb 1
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4
Orsitec