Garotas Acompanhantes de Goias
SEM I

Infraestrutura de São Jos√© retira excesso de vegetação e res√≠duos de vala no bairro Ipiranga

Ações de roçagem e limpeza de rios, valas e córregos em todo Munic√≠pio são frequentes para evitar alagamentos

Por Administrador em 05/06/2024 às 17:21:08
Fotos: Divulgação

Fotos: Divulgação

Equipe da Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura de São José retirou nesta quarta-feira (5), o excesso de vegetação e resíduos diversos descartados irregularmente, numa vala localizada na servidão Zélia de F√°tima Rodrigues, no bairro Ipiranga. Os agentes de limpeza urbana e roçagem executam o serviço na altura do Centro Educacional (CEM) Renascer, e j√° encontraram materiais como pneus, mobili√°rio e artigos ligados ao consumo de alimentos e bebidas.

Segundo o secret√°rio de Infraestrutura, Júlio Cézar da Silva, o trabalho da equipe é realizado o ano inteiro para evitar pontos de alagamento na cidade. "No período chuvoso, a drenagem local poderia ser comprometida. Além dos canais, a equipe atua na limpeza de calhas, canaletas e valas por toda São José. Nesta semana, além deste ponto, a Secretaria também est√° fazendo o desassoreamento do Rio Araújo, em Campinas.

Na vala do Ipiranga, o serviço ser√° finalizado ainda nesta quarta-feira (5). Segundo a secret√°ria adjunta da Infraestrutura, Michele Martendal, cada local tem um perfil diferente quanto ao descarte irregular de materiais. "No Ipiranga, retiramos cadeiras, muitas embalagens de comidas, feitas de isopor, além de garrafas pet, sacolas de pl√°stico e até cachorros mortos", relatou.

Ela lembra que os resíduos descartados nas ruas podem ser transportados pela √°gua das chuvas e obstruir galerias e canais. Se a pr√°tica ocorre em terrenos privados, onde as equipes da Secretaria não t√™m acesso, pode aumentar o risco de proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue.

A manutenção regular da limpeza e desassoreamento dos rios e córregos é uma das prioridades da Prefeitura, para garantir a segurança e o bem-estar da população. A iniciativa integra as ações desenvolvidas dentro do Programa de Manutenção Regionalizada e Continuada, que teve início em março de 2023, com um investimento direto de R$ 5 milhões neste ano e outros R$ 15 milhões indiretamente, aplicados nos serviços paralelos ao desassoreamento, que são os realizados em seu entorno, como coleta de materiais descartados irregularmente; roçagem; manutenção de drenagem e conserto de infiltração.

Comunicar erro
Ondrepsb 1
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4
Orsitec