Ondrepsb
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3

Startup brasileira é a única latino-americana selecionada para programa global de aceleração da Mastercard

Focado em fintechs, o Mastercard Start Path selecionou nove empresas em sua nova edição, entre elas a brasileira Payface, que desenvolve tecnologia de pagamento por meio de reconhecimento facial

Por Administrador em 17/01/2022 às 16:09:06

Entre mais de 1.500 inscritos, a Payface, fintech de pagamento por reconhecimento facial, foi a única startup latino-americana confirmada para o Start Path da Mastercard, programa de aceleração do portfólio do Mastercard Developers que oferece uma via rápida para que fintechs de todos os tamanhos desenvolvam sua proposta de valor, se lancem no mercado e cresçam. As outras oito empresas selecionadas foram: Athlytic (EUA), Bump (EUA), Disputify (Austrália), Episode Six (EUA), Finch (EUA), LAB Group (Austrália), Paypa Plane (Austrália), Yunit (EUA) e Zirtue (EUA). Desde 2014, o Start Path já conectou cerca de 10 mil startups ao redor do mundo e capacitou mais de 260 negócios.

Fundada pelos catarinenses Eládio Isoppo e Ricardo Fritsche, a Payface surgiu com o objetivo de melhorar a experiência de compra no varejo por meio da tecnologia, reduzindo filas e acelerando o processo de checkout. A solução conecta o rosto de cada usuário com o meio de pagamento associado, oferecendo uma compra rápida e segura. Participando do Start Path, a fintech brasileira fará parte de uma rede global de startups que estão pensando sobre o futuro do setor financeiro e desenvolvendo produtos para atender às novas demandas do mercado. Além disso, durante os seis meses do programa, que ocorre de forma online, receberá acesso à tecnologia, mentoria de executivos sêniores e recursos da gigante de cartões de crédito.

Em relação às expectativas sobre o programa, a startup destaca as apresentações ao público alvo, identificação de novos mercados e acesso a expertise do time da Mastercard. "Queremos aproveitar o network global da Mastercard para engajar diretamente com consumidores, recolher feedbacks sobre expansão geográfica e dinâmicas de mercado relevantes, além de receber orientações sobre a viabilidade do produto", conta Eládio Isoppo, CEO e cofundador da Payface. "Também estaremos ansiosos pelas recomendações relacionadas às melhorias na solução e eficiência de escala, que são essenciais e sempre bem vindas na nossa missão de facilitar a efetuação de pagamentos", completa.

Ricardo Fritsche, CTO e cofundador da fintech, afirma que a seleção para o programa reforça como a empresa está preparada para liderar a próxima onda de inovação no setor de pagamentos. "A notícia demonstra o quão dedicados e capacitados estamos para enfrentar as adversidades do mercado de pagamentos, um setor extremamente disputado e em constante crescimento, e também certifica como a nossa tecnologia biométrica é uma forte tendência para o futuro", conta. Com quase três anos de atuação, a startup já tem projetos implementados em varejistas dos estados de Santa Catarina, Bahia, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

"Em 2021, vimos um aumento das empresas fintechs à medida que a aceleração digital criou uma gama de oportunidades para inovadores e desenvolvedores", disse Amy Neale, vice-presidente sênior de Fintech & Enablers da Mastercard. "Temos feito parcerias com empresas fintechs desde o início e evoluído o portfólio do Mastercard Developers com programas como o Start Path para apoiar empresas como a PayFace em sua jornada para crescer e escalar", completou.


Conheça mais da Payface

A Payface usa reconhecimento facial para proporcionar um pagamento rápido em varejos físicos, com foco no ramo de supermercados e farmácias. Para começar a usar a solução, o usuário baixa o aplicativo no seu próprio celular e cadastra o rosto. No momento em que for fazer compras, ele se posiciona em frente a um dispositivo móvel instalado junto ao caixa e faz a sua identificação, sem precisar usar o celular ou cartão.

Em 2021, a startup obteve o certificado de PCI Compliance, que atesta que a fintech segue as regras de segurança necessárias no processamento de dados de cartão. O feito é raro em uma startup tão jovem, já que exige uma estrutura interna e um grau de maturidade que muitas vezes um negócio nesse nível não possui. No mesmo ano, também recebeu o prêmio "Melhor Uso de Biometria em Pagamentos" em parceria com a americana ID R&D, desenvolvedora de tecnologias com biometria e detecção liveness, no PayTech Awards, premiação internacional que celebra a excelência e inovação na indústria.

Comunicar erro
Orsitec

Comentários

Galego Bar e Restaurante