RG Pet CMF

Balanço da Operação Estação Verão mostra que 2,9 milhões de turistas visitaram SC durante a temporada

Por Administrador em 01/04/2024 às 21:57:02
Foto: Eduardo Valente / SECOM

Foto: Eduardo Valente / SECOM

Santa Catarina recebeu 2,9 milhões de turistas entre dezembro de 2023 e março de 2024. O número superou as estimativas, que previam cerca de 2,8 milhões de visitantes. O dado está no balanço da Operação Estação Verão, apresentado nesta segunda-feira, 1º de abril, com a presença do governador Jorginho Mello e ainda trouxe informações de áreas como saúde, segurança pública e economia durante a temporada.

O governador Jorginho Mello frisa que o compromisso do Estado é trazer turistas o ano todo a Santa Catarina. "Estamos aqui hoje para divulgar os dados da nossa Operação que foca no turismo do nosso estado. Realizaremos esse padrão de atendimento em todas as estações e queremos que cada vez mais visitem o nosso estado em qualquer estação".

O secretário de Estado do Turismo, Evandro Neiva, comenta dos números positivo em relação ao turismo catarinense, enfatizando os mais de 2,9 milhões que visitaram Santa Catarina durante a Estação Verão. "A nossa Operação Estação Verão foi um sucesso. Só tenho a agradecer ao nosso governador Jorginho Mello, que foi o primeiro governador da história a dar essa atenção ao turismo catarinense".

Foto: Ricardo Trida / SECOM

Réveillon

Balneário Camboriú fez a maior festa da história da cidade e recebeu mais de 1 milhão de pessoas. Florianópolis também ofereceu dois palcos com shows para 400 mil espectadores. Além delas, Bombinhas reuniu 500 mil visitantes e São Francisco do Sul reuniu 250 mil, entre moradores e turistas. Laguna (150 mil pessoas) e Blumenau (62 mil pessoas) também fizeram grandes eventos celebrando a chegada de 2024.


Aeroportos e rodovias

E em todo o período do Verão, o movimento dos aeroportos do estado foi intenso. Entre 1º de dezembro de 2023 e 29 de fevereiro desse ano, o terminal de Florianópolis recebeu mais de 1,2 milhão de passageiros em mais de 8,6 mil voos domésticos e internacionais. Uma projeção para os aeroportos de Joinville e Navegantes mostra um fluxo de 464 mil passageiros no mesmo período.

O Carnaval foi um caso à parte: entre 9 e 14 de fevereiro, mais de 38 mil pessoas desembarcaram na Capital catarinense.

Muita gente também aproveitou o Verão circulando pelas rodovias. O trecho entre Passos de Torres e Paulo Lopes registrou a passagem de 5 milhões de veículos somente no mês de janeiro. Já no período de Carnaval, entre 9 e 14 de fevereiro, o fluxo foi de 1 milhão de veículos.

Bombinhas também teve uma movimentação considerável em todo o período. Entre 15 de novembro de 2023 e 15 de fevereiro deste ano, 525 mil veículos entraram na cidade, entre visitantes nacionais e estrangeiros.


Cruzeiros

Os cruzeiros marítimos também têm que ser lembrados já que mexeram com a economia do estado trazendo 12 navios aos portos de Balneário Camboriú, Itajaí e Porto Belo com aumentos consideráveis nas ofertas de leitos e escalas: 370 mil pessoas estiveram a bordo, um aumento de quase 62% em comparação com a temporada anterior.

2023/2024:

  • BC – 5 navios – 52 escalas – 191.870 leitos ofertados – aumento de 92% nas escalas e aumento de 81% na oferta de leitos
  • Itajaí – 4 navios – 36 escalas – 115.697 leitos ofertados – aumento de 56% nas escalas e aumento de 62% na oferta de leitos
  • Porto Belo – 3 Navios – 16 escalas – 63.394 leitos ofertados – aumento de 33% nas escalas e aumento de 24%

Os impactos para as cidades são muito positivos. A média de ganho econômico gerado por cada visitante que chega de navio nas cidades de escala (BC e Porto Belo) é de R$639,37 e de R$813,56, nas cidades de embarque e desembarque (Itajaí).


Festividades


Foto: Ricardo Trida / SECOM


E quem circulou por Santa Catarina pode contar com algumas festas regionais, como a Colheita da Maçã, em Fraiburgo. O evento já recebeu mais de 20 mil pessoas na temporada e a expectativa é 30 mil turistas. Assim, o crescimento anual foi de 20%.

Em fevereiro, o destaque ficou por conta do Carnaval. A estimativa é de que 1,5 milhões de foliões tenham curtido as festas de Florianópolis entre o começo do mês e a quarta-feira de cinzas.

Em Laguna, a volta do Carnaval de rua atraiu 250 mil foliões e gerou 100% de ocupação nos hotéis.

Tudo isso resultou em mais de R$ 243 milhões em arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) ligado ao turismo entre dezembro de 2023 e fevereiro de 2024. De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio SC) os turistas gastaram mais nessa temporada, saltando de R$ 4.937 em 2023 para R$ 6.305 em 2024.


Saúde

A Secretaria da Saúde estendeu o seu trabalho na Operação Verão no combate à dengue e às doenças diarreicas agudas. No combate à dengue, houve a finalização do repasse de R$ 10 milhões para ações municipais, o painel de monitoramento das arboviroses com transparência dos dados para os municípios e a campanha de mobilização (Dia D).

Em ações do Samu, foram atendidas 67.864 ocorrências em todo o estado. Houve a aquisição de 33 novas incubadoras e 34 cardioversores, um investimento de mais de 2 milhões, além da capacitação das equipes de suporte avançado nas regiões de Florianópolis e Joinville.

"A nossa Secretaria da Saúde realizou e realiza um trabalho essencial contra a Dengue, nesse verão que se passou, o foco em Santa Catarina foi e é muito forte. Realizamos um trabalho em conjunto com diversas secretarias para conter a reprodução do mosquito, portanto, agradeço a todas as entidades que trabalharam em conjunto com a saúde do estado", explica a secretária da Saúde, Carmen Zanotto.

Foto: Ricardo Trida / SECOM

Energia

A Celesc atuou na prevenção e nos atendimentos aos que necessitavam de qualquer apoio. Foram posicionados transformadores móveis em locais próximos de grande consumo, Tubarão, Florianópolis e Joinville, dando um suporte para que não houvesse queda de energia.

Mais de nove equipes foram posicionadas com caminhões pesados, dobrando o quantitativo que atua nas regiões de grande consumo. O efetivo de trabalhadores também recebeu aumento, totalizando mais de 1.200 profissionais entre técnicos, eletricistas e atendentes comerciais.

"Mesmo com o aumento de turistas e do consumo de energia no geral, nós conseguimos manter a qualidade de energia na estação verão. Nosso objetivo é manter esse atendimento em todas as estações, entregando energia de qualidade em todo o estado", afirma o presidente da Celesc, Tarcísio Rosa.


Água

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) atuou na prevenção e manutenção no abastecimento de água em todo o estado, foram mais de R$ 40 milhões em melhorias nas adutoras, poços e reservatórios. Também foram inauguradas duas novas estações de tratamento de esgoto em regiões turistas, em Barra do Sul e nos Ingleses, Bairro de Florianópolis. Houve um aumento de 80% de consumo na temporada, incluindo o Carnaval, e mesmo assim a Companhia registrou uma redução de 41% de falta de água em relação à temporada passada.

"A Casan atuou preventivamente durante todo o processo. Mesmo em épocas festivas de Natal, Réveillon e Carnaval, foram realizadas a prevenção do abastecimento de água. Nosso trabalho de fiscalização com as prefeituras também foi um grande destaque, dando todo o suporte necessário para os municípios", explica o diretor da Casan, Edson Moritz.


Balneabilidade

O Instituto do Meio Ambiente (IMA) realizou um trabalho essencial na balneabilidade das praias e costões, foram mais de 6 mil análises feitas entre novembro de 2023 e março de 2024. O estado registrou o maior número de análises na temporada em todo o Brasil.


Segurança Pública

Foto: Eduardo Valente / SECOM


As ações das forças de segurança durante a Estação Verão se mostraram essenciais para a segurança dos catarinenses e para os turistas que visitaram o estado. Com o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina (CBMSC) realizando a segurança nas praias e costões, a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) com as rondas ostensivas, a Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC) cumprindo os mandados de prisão, além de prisões em flagrante, e a Polícia Científica de Santa Catarina (PCISC) com os exames periciais e laudos nos crimes.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Sargento Lima, comenta em como o trabalho em conjunto das Forças de Segurança em prol de um estado seguro, ajuda não só os catarinenses, mas também quem visita o estado. "As nossas forças de segurança pública realizaram um excelente trabalho em conjunto. A Operação Verão foi um bem realizada principalmente pelo trabalho de todas as forças que priorizaram a segurança de todos".


Bombeiros Militares

Durante a Estação Verão, foi mobilizado o efetivo total de 2.219 guarda-vidas, tendo uma média diária de 1.137 profissionais empregados. O CBMSC também empenhou para o suporte logístico 179 viaturas, divididas entre helicópteros, aviões, viaturas, embarcações, quadriciclos e motos aquáticas, oferecendo o suporte necessário em qualquer ocorrência.

Foram realizadas 11 milhões de ações preventivas e um total de 4.11 salvamentos. Em comparação com a operação anterior, em que registraram 5.237 salvamentos, houve uma queda de 21% do número total de atendimentos, indicando a efetividade das prevenções realizadas pelo CBMSC.

"O Corpo de Bombeiros realizou um atendimento crucial no estado. Executamos a prevenção e salvamentos de turistas e catarinenses nas praias, nossa principal filosofia foi a prevenção. Foram mais de 4 mil salvamentos e 11 milhões de prevenções", explica o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Fabiano Bastos.

Foram 33 municípios, em 156 praias e costões, com um total de 411 postos, atendidos pelos Bombeiros Militares de forma permanente e direta, representando mais de 200 km para a prevenção e salvamento aquático nas praias e costões. Além dos guarda-vidas, também foram mais de 320 pontos de sinalização e locais de monitoramento por todas as praias de Santa Catarina. No interior do estado, foram feitas sinalizações nos locais de riscos e em locais onde já haviam registrado acidentes.

Além do atendimento nas praias e costões, o CBMSC executou o Projeto Golfinho, que formou mais de 11 mil crianças no período da operação. O Projeto Praia Acessível também entregou uma oportunidade para todos aproveitarem as praias catarinenses, com mais de mil atendimentos, foram disponibilizadas 80 cadeiras anfíbias no Estado.


Polícia Militar

Puxando para as rondas ostensivas da PMSC, houve um aumento de 30% no número de efetivo de policiais mobilizados, com um total de 24.833 policiais, tendo uma média diária de 2.400 militares nas ruas. Com esse aumento de efetivo, também foram registradas mais operações durante a Estação Verão, sendo 6.537 operações realizadas durante toda a temporada – um aumento de 265%.

A Polícia Militar de Santa Catarina também registrou mais de 134 mil ocorrências atendidas evolvendo moradores e turistas por todo o estado. As abordagens também demonstraram números expressivos, com mais de 3 mil abordagens realizadas e mais de 4 mil presos.

"A nossa Polícia Militar de Santa Catarina atuou não só nas rondas ostensivas, mas também no atendimento dos catarinenses e dos turistas. O nosso estado não é o mais seguro do país à toa, realizamos e continuaremos a realizar esse atendimento", explica o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Coronel Pelozato.

Os indicadores também demonstram uma reduções em crimes. Comparado a 2023, houve uma queda de 29,1% no crime de lesão corporal, redução de 16% em estelionato e diminuição 4,9% em ameaça.

A PMSC apreendeu ainda mais de 1 tonelada de drogas durante toda a Operação. O número mais expressivo de apreensão foi de maconha, com 946 quilos apreendidos.


Policia Civil

Os policiais civis atuaram nos mandados de busca e apreensão, mandados de prisão e prisões em flagrante. Com 400 policiais civis convocados, foram 56 dias em 29 cidades realizando a segurança de todos.

"A Polícia Civil de Santa Catarina esteve operante atendendo o cidadão catarinense e os turistas. Foram mandados cumpridos, boletins de ocorrência realizados, tudo o que a nossa Polícia Civil poderia oferecer, nós oferecemos. Com certeza a Operação Estação Verão servirá de exemplo para outras operações que o estado venha a fazer", comenta o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Ulisses Gabriel.

Em relação a 2023, a PCSC registrou um aumento de 13,5% nos mandados de prisão, somando 220 e um aumento de 9,5% nos mandados de busca e apreensão. Também foram registrados mais de 66 mil boletins de ocorrências registrados e mais de 2 mil inquéritos policiais instaurados.

Também foram registrados mais de 5 mil quilômetros rodados para acompanhamento e fiscalizações em todo o estado. Um número expressivo registrado são os 479 inquéritos policiais envolvendo violência doméstica (Sala Lilás), destacando a importância de haver um atendimento especializado para as mulheres em todas as delegacias.


Polícia Científica

A PCISC destaca a sua atuação na Operação Verão nos exames periciais e nas soluções de crimes. Foram recebidas mais de 24 mil solicitações periciais, tendo laudos emitidos em até quatro dias após a solicitação. Também foram enviadas mais de 16 mil solicitações à medicina legal e mais de 2 mil à química forense.

Também houve o auxílio na proteção de mais de 3 mil mulheres, além de 485 crianças e adolescentes, quando por meio dos laudos comprovou as agressões físicas, psicológicas e abusos sexuais, permitindo que a justiça conferisse proteção contra seus agressores.

E ainda atendendo a população, a PCISC entregou cidadania para mais de 115 mil pessoas através da Carteira de Identidade Nacional (CINs). O número foi 41,5% maior do que na temporada 22/23.

Comunicar erro
Ondrepsb 1
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4
Orsitec