Ondrepsb
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3

Prefeito Orvino oficializa cessão de terreno à Casan para construção de nova estação de tratamento

Nova estação vai substituir as lagoas de estabilização do bairro Potecas

Por Administrador em 20/12/2021 às 13:51:34
Fotos: Jeferson Regis/Secom PMSJ

Fotos: Jeferson Regis/Secom PMSJ

Para atender a antiga reivindicação dos moradores do bairro Potecas, o prefeito Orvino Coelho de Ávila recebeu, nesta última quinta-feira (16), a presidente da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), para a assinatura da Lei nº 6.097, de 16 de dezembro de 2021. A nova medida autoriza o município a ceder o uso de imóvel para construção de Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) com tecnologia de contenção de odores.

A construção da ETE vai substituir as lagoas de estabilização localizadas no bairro Potecas. Com a conclusão da nova Estação, que será instalada próxima às lagoas, será desativado o atual modelo de tratamento e o espaço será recuperado para que o município construa uma nova área de lazer para a comunidade.

"Esse é um problema antigo e reclamado com muita propriedade por toda a população do bairro Potecas. Estamos fazendo a cessão de um novo espaço para que a Casan construa a nova estação, permitindo assim que a Prefeitura faça uma área de lazer para a comunidade que tanto aguarda essa transformação desse espaço", pontuou o prefeito Orvino Coelho de Ávila.

A previsão é que a licitação para o serviço inicie em janeiro de 2022 e que a obra tenha início em maio do mesmo ano. A conclusão está prevista para daqui a dois anos.

De acordo com a presidente da Casan, Roberta Mass do Anjos, durante a primeira reunião com o prefeito Orvino foi solicitado que a companhia assumisse, com a Prefeitura Municipal, ações para agilizar o processo de retirada das lagoas da região.

"Estou emocionada porque é um momento histórico para a Casan e para o município. Esta é uma estação totalmente moderna, totalmente fechada, com tratamento terciário, devolvendo água limpa para o córrego próximo à região, sendo a tecnologia mais avançada que vai tirar o cheiro", explicou Roberta.

Os custos das obras da criação da nova estação, que será a maior do Estado de Santa Catarina, e da recuperação das lagoas, será todo da Casan. O valor da obra é de aproximadamente 250 milhões.

A Casan aguarda agora a liberação ambiental e urbanística para a utilização da área para a instalação do equipamento público municipal.



Comunicar erro
Orsitec

Comentários

Galego Bar e Restaurante