Ondrepsb
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4

Dionei Tonet deixa o comando-geral da PMSC

O atual sub-comandante-geral, coronel Marcelo Pontes assume o cargo em solenidade na Capital

Por Administrador em 20/12/2021 às 13:23:13
Foto/PMSC

Foto/PMSC

A Polícia Militar de Santa Catarina realiza nesta segunda-feira, 20, às 17h, a solenidade de Passagem do Comando-Geral, que será realizada com a presença do governador Carlos Moisés na Academia da PMSC, em Florianópolis. Na oportunidade, o coronel Dionei Tonet passará o comando-geral da instituição para o coronel Marcelo Pontes.

Dionei Tonet se despede do comando-geral da PMSC após um ano e sete meses à frente da instituição. "Parto para novos desafios na reserva remunerada, mas sabendo que deixo o legado ao meu sucessor, coronel Marcelo Pontes, que bem realizará a sua nova missão de bem servir à nossa Polícia Militar de Santa Catarina", afirmou. O coronel Marcelo Pontes, até o dia 20, ocupa a função de sub-comandante-geral da Polícia Militar.

Ações realizadas - Dionei Tonet, desde que assumiu o comando-geral, pautou o seu trabalho em buscar novos projetos e trabalhar para o melhoramento dos processos internos, da qualidade operacional e da segurança aos policiais. "Tudo isso para poder prestar um serviço de excelência para a população e contribuir para a melhora da qualidade de vida das pessoas", completou. Para isso, Tonet foi em busca não só recursos, mas também de construir parcerias com os setores público e privado, para que a PMSC pudesse ter melhores equipamentos e condições de trabalho.

Em 2021 a Polícia Militar de Santa Catarina adquiriu 186 viaturas e 125 tablets que já estão sendo empregados no policiamento ostensivo em todo o estado, com investimentos na ordem de R$ 18 milhões. Foram adquiridas 290 viaturas e 11.250 pistolas e munições no Cal 9 X 19mm, com prazo de entrega para o início do ano de 2022, visando reforçar ainda mais as ações de polícia ostensiva de preservação da ordem pública, aumentando a operacionalidade e garantindo o exercício da atividade policial militar com melhores e mais modernas armas e viaturas, com um custo de mais de R$ 83 milhões.

Dentre as medidas adotadas pela corporação, deve-se destacar a utilização de recursos tecnológicos e de análise de dados. Nesse quesito, houve um investimento de mais de R$ 5 milhões na aquisição de equipamentos de informática e de tecnologia para as OPMs (Organização Policial-Militar) e para emprego embarcado (viaturas), além da destinação de mais R$ 17 milhões na aquisição de um sistema de radiocomunicação mais eficiente e seguro para os nossos policiais militares. O comandante-geral destaca que, no total, foram investidos R$ 26 milhões.

No que diz respeito ao efetivo policial militar, no dia 03 de dezembro a Academia de Polícia Militar da Trindade realizou a formatura de 42 Aspirantes a Oficial e neste mês de dezembro, 530 novos policiais militares foram para o emprego operacional, totalizando um investimento de mais de R$ 6 milhões na formação de oficias e praças, que complementarão as ações de recomposição de efetivo de forma equalizada no Estado.

Para o ano de 2022, a Polícia Militar de Santa Catarina, por meio do Programa SC Mais Segura, já deixou destinado mais de R$ 4 milhões para a aquisição de 250 fuzis calibre 5,56x45mm com mira holográfica, além compras de novas viaturas destinadas para o BOPE, CHOQUE, PPT, Canil e Cavalaria, ultrapassando R$ 2,4 milhões.

Tonet destaca também o trabalho para valorizar a atividade operacional com simpósios regionalizados de radiopatrulha e dos táticos, além da execução de cursos de qualificação profissional, como o Curso de Ações de Combate aos Crimes Violentos Contra Patrimônio, Atirador Designado, Patrulha Urbana, TOMM, Operações de Choque, Instrutores de Tiro, Policiamento Montado, entre outros que motivam, agregam conhecimento e qualificam policiais militares ao exercício das suas atividades de forma especializada.

"Restam ainda projetos em andamento como o da Carreira das Praças, Etapas de alimentação, sistema de proteção social, pagamento das licenças especiais, código de ética, entre outros, voltados a tornar a Polícia Militar de Santa Catarina uma polícia ainda melhor", finalizou o coronel Dionei Tonet.



Comunicar erro
Galego Bar e Restaurante

Comentários

Orsitec