SEM I

Sancionada a lei que autoriza empréstimo para construção da Beira-Mar de Barreiros

Prefeito Orvino e vereadores josefenses destacaram a importância e atuação em conjunto em prol da obra

Por Administrador em 27/11/2023 às 16:43:46

Mais um passo decisivo para construção da futura Avenida Beira-Mar de Barreiros foi realizado nesta segunda-feira (27), no gabinete do prefeito Orvino Coelho de Ávila, com a entrega do projeto aprovado pela Câmara de Vereadores e a sanção da lei que autoriza o Executivo a contratar a operação de crédito Internacional junto ao Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), com a garantia da União, para construção da obra. Ficou definido que o projeto será apresentado no dia 6 de dezembro, às 18h, na sede da Aemflo (Associação Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis), com a presença dos vereadores e secretários municipais.

O prefeito agradeceu o empenho e o apoio de todos os vereadores na aprovação da lei e disse que é um sonho de mais de 40 anos todos os josefenses e que é importante a união entre o Legislativo e o Executivo para sua realização. Destacou também a preocupação no cumprimento de todo processo burocrático para que a obra seja realizada e que há toda uma articulação junto a Prefeitura de Florianópolis para que a futura Avenida Beira-Mar de Barreiros esteja integrada a Beira-Mar Continental. "Estamos trabalhando em sintonia com o prefeito Topázio Neto".

O secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos, Pedro Paulo Duarte da Silva, apresentou durante a reunião um cronograma dos próximos passos para realização da obra, construído em parceria com os técnicos da Fonplata. Disse que a lei será publicada no Diário Oficial até essa terça-feira (28) e que já será enviado cópia da sanção para os técnicos em Brasília como forma de agilizar todo o processo.

Lembrou que ainda falta a aprovação da Licencia Ambiental Prévia (LAP) por parte do Instituto do Meio Ambiente (Ima), mas que os prefeitos de Florianópolis e de São José estão articulando junto ao Governo do Estado para que ela seja aprovada o quanto antes. Pela previsão do cronograma, vencido a licença ambiental, a assinatura doo contrato do empréstimo deva ocorrer até a primeira quinzena de fevereiro de 2024.

O vice-prefeito Michel Schlemper também comemora a realização desta ação, que trará desenvolvimento para a população josefense." Com a aprovação estamos em condições de assinar o empréstimo junto ao Fonplata e tão logo tenhamos as licenças ambientais nós iremos publicar a licitação e tão logo que possível iniciar as obras". Ele enfatizou que a futura avenida além de melhorar a mobilidade urbana, vai influenciar no turismo, na economia e será um grande cartão postal para Barreiros e para São José.

Schlemper também sugeriu a união dos vereadores, do Executivo e da classe empresarial numa campanha para que a obra seja concluída com apoio de todos. "Essa avenida não é uma obra de um partido político, de uma pessoa, mas é uma obra de todo cidadão josefense. Então acho que seria bacana através de uma campanha fazer essa corrente otimista, essa corrente de divulgação. Essa de unidade para que a gente possa, desde agora, estar vibrando com o início das obras da Beira-Mar, poder acompanhar e depois ter isso tudo também na memória e buscar essa adesão de todos os cidadãos".

O presidente da Câmara de Vereadores de São José, vereador Matson Cé, enalteceu a importância da lei sancionada e a união de todos os vereadores para realização da obra. "É uma grande obra para a cidade, a maior obra da história de São José. O maior recurso contratado até hoje. É uma obra esperada por todos os munícipes e por toda a Grande Florianópolis, pela importância de mobilidade, desenvolvimento econômico e a questão urbanística da cidade, que cresce muito a região de Barreiros, ganha o desenvolvimento da região e a comunidade de Barreiros está em festa hoje no município de São José".


Projeto

A obra toda está orçada em R$ 509 milhões: R$ 244 milhões de São José e R$ 265 milhões de Florianópolis. A avenida terá 8,250 km. A parte da capital tem 4,5 km e a de São José 3,750 km. São estimados dois anos de construção. O projeto prevê pistas de rolamento, passeios, ciclovias, área de lazer e bolsões de estacionamentos. A obra é considerada prioritária, visando aprimorar a mobilidade urbana e oferecer espaços de convivência para a população de São José e o desenvolvimento econômico e social da região.

Pelo projeto apresentado, na Avenida Beira-Mar de Barreiros deverá haverá uma área de lazer de 28 mil m² e mais pequenas áreas de lazer ao longo da via; 5 salas multiuso (40 m² cada) destinadas ao ensino de educação ambiental, informática, culinária, artesanato, dança, dentre outros. Sala de 200 m² para reuniões, festividades e comemorações, concha Acústica de 150 m² para apresentações, espaço cultural, área de lazer e academia para 3ª idade, além de pista de skate, quiosques e equipamentos.

Participaram da reunião os vereadores Matson Luis Cé, Méri Terezinha de Melo Hang, Cryslan Jorjan de Moraes, Mauro Fiscal, Rodrigo Andrade, Adair Tessari, Toninho da Educação, Ruanito da Silva, Rodrigo Andrade, Sérgio Scarpa, Sanderson de Jesus e Marcus Andrade (Marquinho).

Comunicar erro
Ondrepsb 1
Ondrepsb 2
Ondrepsb 3
Ondrepsb 4
Orsitec